Search
Close this search box.
Search
Close this search box.

Divulgue aqui a sua marca!

Clique no botão abaixo e fale com a gente...

Famílias Sem Terra sofrem despejo em Piritiba, na Chapada Diamantina

O Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terrra (MST) denunciou que cerca de 50 famílias de trabalhadores rurais foram despejados nesta segunda-feira (21) no acampamento Rosimeire Araújo, no município de Piritiba, na região da Chapada Diamantina, Bahia. Segundo o MST, as famílias foram surpreendidas com uma ação violenta de despejo realizada pela Polícia Militar.

“Por volta de meio dia, aconteceu uma ação de despejo de forma arbitrária e violenta, sem nenhum tipo de aviso prévio ou ordem judicial. Os trabalhadores rurais foram surpreendidos com a chegada de carros pequenos e diversos policiais, que os expulsaram do local com violência, ateando fogo em suas moradias e plantações, onde produziam milho, feijão, abóbora, quiabo e diversos outros de alimentos saudáveis e essenciais para a garantia da subsistência da população que vivia no acampamento”, denunciou o MST.

Segundo o movimento, a ação de despejo representa uma grave violação dos direitos humanos e trabalhistas desses agricultores. “Além de demonstrar a falta de compromisso e sensibilidade das autoridades responsáveis. O MST vem denunciando o crescente número de despejos e violências contra os trabalhadores rurais que lutam pela Reforma Agrária e pela garantia de seus direitos no estado”, afirmou.

Fonte: Brasil 247

Compartilhe essa matéria:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Leia também:

Últimas Notícias

Receba os nossos Artigos em primeira mão!

Insira o seu e-mail no campo abaixo e seja notificado sempre que publicarmos um novo artigo.

©Chapada Urgente - Todos os direitos reservados! Reprodução autorizada com registro da fonte.

Esse site usa cookies para garantir que você tenha a melhor experiência em nosso site.

Abrir bate-papo
1
Escanear o código
Olá 👋
Estamos no WhatsApp!